Vereador Valdecir Cabrabom participa de mobilização contra a dengue na Sé

Na tarde do dia 27 de novembro, o vereador Valdecir Cabrabom participou da mobilização contra a dengue na Praça da Sé, Centro da capital.

"Os surtos da doença ocorrem todo ano, principalmente no verão e no outono. É um grande problema, não só de São Paulo, mas de todo o país, pois muitas pessoas morrem. Por isso, desde já, é essencial efetivar esse trabalho", explicou o parlamentar.

O evento, organizado pelo Comitê Civil de Combate à Dengue, teve como objetivo alertar e conscientizar um grande número de pessoas quanto a importância de prevenir a doença, além de levar à população conhecimento e formas de combater o aedes aegypti, transmissor do vírus.

Cabrabom faz parte do comitê instalado na Câmara Municipal de São Paulo desde o primeiro semestre. Dentre as ações na Sé, o vereador ajudou na distribuição de panfletos com dicas de como combater o mosquito, entre elas: não deixar água parada acumular em recipientes, vedar bem as caixas d'água e lavar sempre vasos de plantas e vasilhas de pássaros e animais domésticos.

"A importância da prevenção é tão grande, que dei entrada a um projeto de lei (136/2015) que incentiva o cultivo de citronela e crotalária na cidade, duas plantas que ajudam muito a combater o mosquito", lembrou Cabrabom.

De acordo com o PL, durante as ações, visitas e mutirões contra a dengue, os agentes da Secretaria Municipal da Saúde deverão distribuir as sementes e mudas das plantas.

Por que a citronela e a crotalária combatem a dengue?

A citronela é uma espécie aromática muito utilizada na fabricação de repelentes. O odor que uma planta solta repele insetos como o aedes aegypti em uma área de até 50 m².

Já a crotalária atrai libélulas, predadoras vorazes de mosquitos e suas larvas.

Também participaram da mobilização: o coordenador do Comitê Civil de Combate à Dengue, vereador Gilberto Natalini, os vereadores Salomão Pereira e Jonas Camisa Nova, a Coordenação de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo (Covisa), a Secretaria da Saúde do Estado, a Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Arquidiocese de São Paulo, o Sindicomunitário, o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviço de Asseio e Conservação e Limpeza Urbana de São Paulo (Siemaco), a Força Jovem, o Movimento Hare Krishna e a comunidade armênia.


Confira mais imagens na Galeria de Fotos, clique aqui.


Postado em 27/11/2015