PL contra dengue é aprovado em definitivo!

Foi aprovado na noite de 21 de dezembro, o  projeto de lei 136/2015, de autoria do vereador Valdecir Cabrabom, que incentiva o cultivo de citronela e crotalária como forma natural de combater a dengue, foi aprovado em definitivo no Plenário da Câmara Municipal de São Paulo na Bela Vista, Centro da capital.

"O cultivo destas duas plantas é mais uma forma de combater o aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue. Algumas cidades brasileiras já adotaram a ideia e vem dando certo. É barato, não é invasivo e é muito eficaz", afirmou o parlamentar.

Cabrabom lembrou que, agora, a preocupação aumenta, pois a chikungunya, doença semelhante a dengue, e o zika vírus, que pode causar malformação cerebral (microcefalia) em recém-nascidos, também podem ser transmitidos pelo mosquito.

"Estamos em um momento crítico. No estado de São Paulo, já existem casos de microcefalia com possível relação com o zika vírus. Temos que evitar, de todas as formas, a proliferação deste mosquito que causa tantas doenças. Por isso, a aprovação deste projeto de lei é tão importante e urgente", explicou Cabrabom.

De acordo com o PL, durante as ações, visitas e mutirões contra a dengue, os agentes da Secretaria Municipal da Saúde deverão distribuir as sementes e mudas das plantas.

Por que a citronela e a crotalária combatem a dengue?

A citronela é uma espécie aromática muito utilizada na fabricação de repelentes. O odor que uma planta solta repele insetos como o aedes aegypti em uma área de até 50 m².

Já a crotalária atrai libélulas, predadoras vorazes de mosquitos e suas larvas.

Postado em 22/12/2015